São quatro casas contemporâneas de vivência alentejana, debruçadas sobre a lagoa de Melides e sobre o vasto Oceano Atlântico. Estão rodeadas de paisagem mediterrânica, com sobreiros, oliveiras, pinheiros e medronheiros.

Vinhas

Vinhas

Com vista para o mar e rodeados de parcelas trabalhadas para o cultivo de uva, os Pa.te.os estão integrados na paisagem natural do Alentejo litoral. O trabalho vitícola é orientado por um profundo respeito pela preservação dos solos e do seu ecossistema.

Artes & Oficios

Artes & Oficios

Os Pa.te.os privilegiam o trabalho manual e artesanal feito por mestres marceneiros, mestres estucadores e canteiros especializados. A artista portuguesa Olga Sanina fez o levantamento vegetal local e trouxe essa natureza para dentro das casas.

Melides

Melides

A sul da Comporta, na terceira mais extensa língua de areia do mundo, a seguir ao mar, à lagoa natural e aos arrozais, encontramos Melides. A pouco mais de uma hora de Lisboa, permite um contacto particular com a natureza.

Aroma

Aroma

A perfumista Lyn Harris criou uma fragrância exclusiva que capta a frescura do pinhal de Melides e a humidade salina da sua costa e cruza-as com a terra, a pedra, a madeira e o betão, os materiais que ergueram as quatro casas dos Pa.te.os na sua “pureza, beleza, espaço, respiração e silêncio”.

Casas

Casas

Pensadas com o cuidado de quem recebe em casa, onde o bem-estar e o descanso são absolutos. Decoradas com luz e materiais naturais, as quatro casas dos Pa.te.os são a forma de estar em casa longe de casa.

Arquitectura

Arquitectura

Quatro casas desenhadas por Manuel Aires Mateus fundem-se à paisagem mediterrânica. O desenho explora e desenvolve o conceito de pátio, o interior e o exterior que se juntam e comunicam com a natureza. Um estilo de vida do sul onde se desfruta de mais dias de sol e de ar livre.